%= render 'layouts/carrousel' %>
 801 Visualizações

Descontos de empréstimos consignados serão mantidos

Uma liminar suspendeu a lei que garantia um fôlego de 90 dias aos servidores.

13/05/2020 09:47

A Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) e o Departamento do Conselho da Conselho da Magistratura (Decom) comunicam aos servidores e magistrados que foi suspensa a eficácia da Lei Ordinária Estadual n. 4.737, de 22 de abril de 2020, que, em caráter excepcional, suspendia o cumprimento de obrigações financeiras referentes a empréstimos consignados contraídos por servidores públicos estaduais e municipais, no âmbito do Estado de Rondônia, durante o período de 90 dias.

Diante disso serão mantidos os descontos referentes aos empréstimos consignados na folha de pagamento dos magistrados e servidores.

O Ministério Público do Estado de Rondônia interpôs a Ação Direta de Inconstitucionalidade n. 0802916-87.2020.8.22.0000-PJe alegando que o Estado não tem competência legal para legislar sobre Direito Civil, em sentido amplo, inserindo-se ali as relações contratuais.

Após decisão publicada no DJE n. 087, de 12-05-2020, foi deferido o pedido liminar para suspender a eficácia da Lei Ordinária Estadual n. 4.737, de 22 de abril de 2020, até julgamento definitivo da ação.

 

Comunicação Interna


Contato

Se precisar, entre em contato.

Tribunal de Justiça de Rondônia
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia
Alô Justiça: 0800-647-7077 Geral: (69) 3217-1152

© 2020 Divisão de Pessoal - Dipes
Versão do Sistema