Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Comarca de Jaru

A comarca de Jaru foi criada pela Lei nº 8 de 25 de janeiro de 1982. Sua instalação ocorreu em 28 de junho de 1982.

Nome do fórum: Victor Nunes Leal, em homenagem a um renomado jurista brasileiro, nascido em Minas Gerais, que, além de advogado, exerceu diversas funções públicas importantes, entre as quais a de Ministro do Supremo Tribunal Federal (1960 – 1968). Após a aposentadoria voltou a desenvolver atividades advocatícias. Faleceu em 1985, no Rio de Janeiro. Além do fórum de Jaru, Nunes Leal também dá nome à Biblioteca do STF.

Entrância: Segunda

Seção Judiciária: Segunda

Circunscrição: Municípios de Gov. Jorge Teixeira e Theobroma. Distritos de Bom Jesus, Nova Olinda e Santa Cruz da Serra.

Endereço: Rua Raimundo Cantanhede, 1080 - CEP 76890-000

História do Município: O município surgiu em torno de um dos postos telegráficos instalado em 1912, pela Comissão da Linha Telegráfica Estratégica Mato Grosso/Amazonas, chefiada pelo então Cel. Cândido Mariano da Silva Rondon. Porém, o Vale do rio Jaru era ocupado pelos seringais e seringueiros desde o século XIX, apesar da resistência imposta pela nação dos Jarus, que a tinham sob seu domínio, ocupando uma extensa área que se estendia desde o rio Jaru, afluente da margem esquerda do rio Ji-Paraná, até às margens do alto curso do rio Madeira. Em 1915, a Comissão Rondon procedeu à exploração de estudos do Rio Jaru, mantendo este nome em homenagem aos primitivos habitantes, os Jarus. A ocupação atual do vale do Jaru ocorreu a partir de 1975, com a instalação do Projeto Integrado de Colonização "Padre Adolpho Rohl", pelo Incra, para assentamentos de colonos oriundos principalmente das regiões Centro Sul do País.

A história da criação do município de Jaru começa no dia 11 de outubro de 1977, quando foi criado o distrito de Jaru pela Lei 6.448, sendo nomeado Sandoval de Araújo Dantas, o primeiro administrador. Sua administração durou até maio de 1979, quando foi substituído por Sebastião Ferreira Mesquita.

Devido o local apresentar um grande crescimento em pouco espaço de tempo, várias pessoas se esforçaram com o objetivo de emancipar a “pequena” cidade. E o seu desenvolvimento demográfico e econômico resultou na elevação da área do projeto à categoria de município, tendo a localidade de Jaru como sede municipal elevada à categoria de cidade. Jaru foi criado como Município através da Lei 6.921, de 16 de junho de 1981, mas a instalação só foi concretizada em 7 de novembro daquele ano, quando o engenheiro agrônomo Raimundo Nonato da Silva foi nomeado o primeiro prefeito da cidade. Seu mandato durou de 7 de novembro de 1981 a 31 de janeiro de 1983, quando tomou posse o primeiro prefeito eleito, Leomar José Baratela, que recentemente ocupou a função de Secretário de Gabinete na Administração Municipal durante a administração do prefeito Ulisses Borges de Oliveira.

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia