Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

ResplandeSer

resplandeser2

Projeto com foco na qualidade de vida das magistradas, com reflexos imediatos na produtividade e na pacificação social; constitui um conjunto de ações que vão desde Encontros de qualidade de vida e saúde mental para toda a magistratura até o acompanhamento do vitaliciamento de novos juízes.

O ResplandeSer busca reparar o esforço psicoemocional das magistradas que, com o peso e as pressões da profissão, considerada de grande responsabilidade, requer amparo e cuidados com a saúde e o bem-estar, com o objetivo de garantir qualidade nas decisões e assertividade na pacificação social.

O I Encontro foi voltado para as Magistradas de Rondônia – Emagro e ocorreu em uma fazenda, ambiente longe da rotina de trabalho, o que proporcionou o distanciamento necessário para o sucesso do evento. Tanto que foi repetido em 2014, no Centro de Treinamento do TJRO, com ótimos resultados tanto nas avaliações como no cotidiano de trabalho das magistradas. Entre os itens apontados nas pesquisas respondidas por elas estão assertividade nas decisões, aumento de produtividade, melhoria das relações com funcionários e familiares, equilíbrio e serenidade para tomada de decisões, seja de caráter emocional ou profissional.

Em 2015, o CNJ, Conselho Nacional de Justiça, publicou a Resolução n. 207, que recomenda justamente a internalização da qualidade de vida dos recursos pessoais por parte das instituições do Judiciário. O Tribunal de Justiça de Rondônia, que já estava planejando o terceiro encontro, não só realizou como também ampliou o ResplandeSer, incluindo outras vertentes de atuação como o acompanhamento do vitaliciamento de novos juízes e um encontro de qualidade de vida e saúde mental para toda a magistratura.

Em 2016, a inovação maior foi o local, um importante centro de trabalho psicoterapêutico - a Oca, em Beberibe (CE). Para dar continuidade ao trabalho já realizado pelo renomado psiquiatra Adalberto Barreto, que iniciou um trabalho com as magistradas em encontro anterior, em Rondônia, as juízas se disponibilizaram a pagar sua própria passagem para atender à segunda etapa do trabalho, relevante para o objetivo do projeto. Na modalidade de total imersão, metodologia aplicada pelo profissional criador da terapia comunitária integrativa, proporcionou às magistradas, de 7 a 12 de agosto, vivenciar dinâmicas entre outras técnicas de desenvolvimento pessoal, para aprimorar as potencialidades individuais.

Em 2017, está previsto o encontro para os magistrados, também abordando aspectos de autoavaliação e autoconhecimento. Os fatores de riscos que provocam o adoecimento mental são os mesmos para homens e mulheres, mas a maneira de trabalhá-los é diferenciada, por isso trabalhar os acometimentos provocados pelo estresse profissional na instituição é uma conquista para o Tribunal.

O projeto ResplandeSer, gerenciado pelo Conselho da Magistratura, está alinhado com meta de promoção da Valorização e Humanização.

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia