Sexta, 14 Junho 2019 21:36

Confira os destaques da semana na Corregedoria-Geral da Justiça de RO entre 10 e 14 de junho

 

CPE

Pioneira, Justiça de Rondônia adota expediente noturno para Central de Processos Eletrônicos

O relógio contava 19h no Fórum dos Juizados Especiais da comarca de Porto Velho, quando alguns funcionários saíam na tarde de segunda (10) e comentavam sobre o início do terceiro expediente, das 19h às 00h37h30s na Central de Processos Eletrônicos (CPE). Trata-se de uma inovação do Judiciário de Rondônia para aumentar a eficiência jurisdicional e diminuir o estoque processual. Com a mudança, a Central funcionará por 18 horas corridas no cartório eletrônico. A Central presta serviços cartorários aos processos judiciais eletrônicos de unidades vinculadas a ela. Acesse aqui: 

IMG 3479

Corregedoria distribui rosas a servidoras em alusão ao Dia dos Namorados

A Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia (CGJ) distribuiu rosas para as servidoras em comemoração ao Dia dos Namorados, no dia 12 junho.

Durante a ação, o corregedor-geral da Justiça, desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, discursou sobre o sentido do amor e o relacionamento entre as pessoas, mesmo no sentido “não amoroso”. Na ocasião ele aproveitou para motivar a equipe enquanto distribuía as rosas.

Maria nos Distritos equipe II

TJRO aplica Lei Maria da Penha nos distritos distantes de Porto Velho

A Justiça de Rondônia realizou a segunda etapa do projeto “Maria nos Distritos” nos distritos de Extrema e Nova Califórnia, na primeira semana de junho. O projeto leva audiências de instrução e julgamento sobre violência doméstica para áreas distantes da sede da comarca de Porto Velho. Foram realizadas quinze audiências e sete atendimentos psicossociais. Das quinze audiências previstas nos dois distritos foram resultadas treze sentenças e dois despachos.

WhatsApp Image 2019 06 10 at 11.40.33

Ciclo de palestras: CGJ destaca mutirões e sistemas em oficinas de compartilhamento de vivências

Servidores da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) participaram de uma oficina sobre Mutirões e Sistemas, na quinta (6). A iniciativa abordou o trabalho feito pela Divisão de Informação da Corregedoria (Dinfor), responsável por coletar dados e estatísticas dos mutirões designados pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ), além de acompanhar os sistemas utilizados pelo 1º Grau da Justiça.

WhatsApp Image 2019 06 10 at 13.29.32

Mutirão Carcerário revisa mais de 1,8 mil processos de presos provisórios em RO 

A Justiça de Rondônia revisou mais de 1.800 processos no I Mutirão Carcerário de 2019, referente a presos provisórios do estado. A política institucional de realizar mutirões carcerários garante o devido processo legal por meio da revisão das prisões com o objetivo de evitar irregularidades e dar cumprimento à Lei de Execuções Penais.

judiciária

Corregedoria leva oficinas sobre aplicação da Lei de Custas para comarcas do interior de RO 

A Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia (CGJ) leva a discussão sobre a aplicação da Lei de Custas (3896/2016) para magistrados e servidores das comarcas do interior de Rondônia, a partir desta terça (4). As comarcas visitadas são Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. O ciclo de aprendizagem iniciou em maio, com a intenção de sugerir procedimentos para aplicação da norma que dispõe sobre a cobrança de custas dos serviços forenses.