Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Sexta, 08 Fevereiro 2019 17:01

Condenado a 15 anos de reclusão homem que matou mulher e escondeu o corpo em uma fossa

jurifev2019

 

Jorge Martins foi condenado pelo 2º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho a 15 anos de reclusão em regime inicial fechado, pelos crimes de ocultação de cadáver e homicídio (qualificado pelo emprego de asfixia e feminicídio). O julgamento ocorreu quinta-feira, 7, no Fórum Criminal da Comarca de Porto Velho, com início às 8h45min e término às 21h10min.

O réu foi condenado sob a acusação de matar Sílvia Santos de Souza em 6 de junho de 2018. Ele e a vítima mantinham uma relação extraconjugal há quatro anos. Nesse dia tiveram uma discussão quando a esganou, causando a sua morte. Posteriormente, pegou uma faca e passou a golpeá-la. Logo após a prática do homicídio, Jorge amarrou uma corda no corpo da vítima e jogou em uma fossa seca, disfarçando com lona e capim seco.

Os argumentos da defesa do réu durante o julgamento, como o de legítima defesa, não convenceram o corpo de jurados para inocentá-lo. O conselho de sentença reconheceu a autoria e materialidade do crime de homicídio e admitiu as qualificadoras do feminicídio e do emprego de asfixia.

O juiz presidente, José Gonçalves da Silva Filho, destacou que as consequências do crime foram graves. “Ao ceifar a vida da vítima, deixou um filho menor órfão, o qual se viu, repentinamente, desprovido do auxílio da mãe. Tal fato extrapola a morte prematura punida pelo tipo penal e é fundamento legítimo para se elevar a pena”, ressaltou o magistrado.

 

Assessoria de Comunicação Institucional

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia