Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Quarta, 06 Dezembro 2017 12:33

Corregedoria realiza 109 correições em Serventias Extrajudiciais no biênio

Com as correições realizadas nos ofícios de registro civil das pessoas naturais e tabelionato de notas nos municípios de Cujubim, Alto Paraíso, Ariquemes, Rio Crespo, a Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia fecha o ano com 109 correições realizadas, atendendo à determinação do corregedor, desembargador Hiram Souza Marques, em aperfeiçoar e intensificar o trabalho de fiscalização e orientação nos cartórios extrajudiciais, que prestam relevantes serviços à população sob delegação do Poder Judiciário.

O trabalho, coordenado pelo juiz de Direito Áureo Virgílio Queiroz, é realizado juntamente com dois servidores da Corregedoria e dois da Coordenadoria de Receitas do FUJU (Coref), além do motorista. São longos deslocamentos e o trabalho vai além das 23 comarcas, já que é feito direto nos cartórios extrajudiciais. Nesse último período de correições, que ocorreu entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, foi possível, num dos dias, o acompanhamento do juiz de Direito Fabiano Pegoraro Franco, membro da equipe de transição da gestão da Corregedoria para o próximo biênio, uma oportunidade de integração e compartilhamento de conhecimento.

As fiscalizações têm por objeto os recolhimentos devidos ao Fuju, formalidades dos atos (verificações dos atos próprios e documentação) ou preventivas, com o intuito de averiguar o exercício da atividade delegada. Além do trabalho em 109 correições presenciais, por meio do Sistema de Informações Gerenciais do Extrajudicial (Sigextra), também é realizado um acompanhamento virtual dos trabalhos realizados nas serventias. “De Guajará a Pimenteiras, independentemente das distâncias, o trabalho correcional é levado a todos os lugares do Estado, onde, oportunamente, contamos também com a participação dos juízes corregedores permanentes de cada comarca aonde atuamos, o que é de grande valia para os resultados da fiscalização”, afirmou o juiz Áureo Virgílio.

Ao longo do ano foram realizadas correições em todas as regiões do Estado, desde os cartórios da capital e cidades como Candeias e Itapuã, até localidades como Nova Estrela, Teixeirópolis, Urupá e Cacaulândia. Essencial à atividade e sustentabilidade do Poder Judiciário, o trabalho de fiscalização é benéfico aos cidadãos que utilizam os serviços de autenticação de documentos, reconhecimento e registros de pessoas, entre outros, já que parte desses recursos, destinados ao Fundo, são responsáveis por investimentos e melhorias no atendimento à população em fóruns e outras unidades da Justiça.

Assessoria de Comunicação Institucional

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia