Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Sexta, 11 Maio 2018 12:41

Faça Bonito: Cooperação institucional garante estratégia para escuta de vítimas

A campanha tem programação definida em Porto Velho para o próximo dia 17 de maio

facabonito2

Numa ação do Comitê Nacional de Enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, a Campanha Faça Bonito tem programação definida em Porto Velho para o próximo dia 17 de maio, das 8h às 12h, no auditório do Ministério Público do Estado, e contará com a participação dos magistrados do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, Corregedor-Geral da Justiça, e Sandra Beatriz Merenda, juíza que responde pelo 2º Juizado da Infância e da Juventude.

A data escolhida para a mobilização nacional contra a violência sexual no Brasil é 18 de maio, em função do crime que ficou conhecido como “Caso Araceli”, ocorrido no ano de 1973, em Vitória-ES. Uma criança de 8 anos foi raptada, estuprada e morta por jovens daquela cidade.

“A estratégia para a escuta de crianças e adolescentes vítimas” é o tema central do encontro deste ano, que contará com a participação de representantes do Ministério Público do Estado, do Centro de Apoio Operacional da Infância e da Juventude, Ouvidoria, Rede Municipal de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes e do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.

Para proteger as crianças e adolescentes que sofreram violência, de acordo com o Corregedor-Geral da Justiça, José Jorge Ribeiro da Luz, “é necessário que se humanize o atendimento dessas vítimas, bem como para que se obtenha uma coleta eficiente de informações acerca do suposto agressor”.

Além de padronizar os procedimentos, integrando os órgãos responsáveis pelo atendimento, a estratégia também busca poupar as crianças e adolescentes de serem submetidos à repetição dos fatos e a revitimização.

 

Programação

“A Aplicabilidade da Lei de Escuta de Crianças e Adolescentes” é o tema que será abordado pelo promotor de justiça Alan Castiel Barbosa. O desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, Corregedor-Geral da Justiça, e a juíza Sandra Beatriz Merenda, do 2º Juizado da Infância e da Juventude, falarão sobre a “Estratégia do Poder Judiciário para Aplicabilidade da Lei de Escuta de Crianças e Adolescentes”.

Após as conferências haverá a Subscrição do Termo de Cooperação Institucional para Aplicação da Lei de Escuta de Crianças e Adolescentes pelo Ministério Público do Estado de Rondônia, Sesdec (Polícias Civil e Militar), Seas, Seduc, Sesau, Comitê Estadual de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e Município de Porto Velho (Semusa, Semasf, Semed) e promotor de justiça Marcos Valério Tessila de Melo.

 

Assessoria de Comunicação Instituiconal

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia